Meleiro não registra focos do Aedes aegypti desde 2020

Ações de conscientização e prevenção são realizadas constantemente


No combate ao mosquito transmissor da Dengue, Zika vírus e Chikungunya, A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, tem usado de todos os meios para prevenir, conscientizar e fiscalizar os locais onde o vilão possa fazer morada, como pneus velhos, vasilhames abertos, plantas que armazenam água, casas com piscinas e terrenos baldios.  

Segundo a Enfermeira Viviani Martins dos Santos, da Vigilância Sanitária e agente de controle de endemias da Secretaria de Saúde, no município de Meleiro há dois anos que não são encontrados focos do mosquito transmissor da Dengue. Atuando na área desde 2017, a agente frisa que o Programa de Combate às Endemias conta com 27 armadilhas espalhadas pelo centro e bairros da cidade e também no distrito da Sapiranga. "Os locais são visitados a cada sete dias, temos também os pontos estratégicos, que são as borracharias e cemitérios, que são visitados a cada 15 dias, para controle do vetor e não temos foco de Aedes aegypti desde 2020, apenas a presença do Aedes albopictus, que não deixa de ser uma ameaça porque transmite a Zika vírus e Chikungunya", afirma. Os focos deste mosquito também são registrados e as larvas são repassadas à Coordenadoria Regional de Vigilância Sanitária, para a devida análise. A Secretaria de Saúde realiza campanhas de conscientização, com a entrega de materiais informativos para a população, como aconteceu recentemente no Dia D de Vacinação contra a Influenza, entre outras iniciativas.


Como se prevenir do mosquito da Dengue, Zika e Chikungunya


1 - Mantenha bem tampados: caixas, tonéis e barris de água.

2 - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada.

3 - Não jogue lixo em terrenos baldios.

4 - Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha sempre a boca para baixo.

5 - Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje.

6 - Encha os pratinhos ou vasos de planta com areia até a borda.

8 - Se for guardar pneus velhos em casa, retire toda a água e mantenha-os em locais cobertos, protegidos da chuva.

9 - Limpe as calhas com frequência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água.

10 - Lave com frequência, com água e sabão, os recipientes utilizados para guardar água, pelo menos uma vez por semana.

11 - Os vasos de plantas aquáticas devem ser lavados com água e sabão, toda semana. É importante trocar a água desses vasos com frequência.

12 - Convoque seus vizinhos, sua comunidade, amigos e parentes a se engajarem nesse combate aos criadouros do mosquito Aedes aegypti.


Endereço:

Avenida Municipal, 1500, Sala 01
Centro, Turvo, SC, CEP: 88930-000
(48) 3525-3963