Diretor de Turismo apresenta demandas de Maracajá em encontro na Amesc

As demandas foram incluídas no Conselho Estadual de Turismo


Na última semana aconteceu na sede da Amesc, uma reunião entre os integrantes da Instância de Governança Regional Caminho dos Canyons (IGR), que teve como objetivo definir os temas prioritários da região, para compor o Manifesto do Turismo a ser entregue para a Assembleia Legislativa.

O diretor de Turismo de Maracajá, Dilnei Fausto Borges, participou do encontro e elencou algumas prioridades para o crescimento e desenvolvimento do município. As demandas foram incluídas no Conselho Estadual de Turismo, para ser encaminhado à Alesc, na tentativa de tornar política pública. "As prioridades levantadas para nosso município são viáveis, principalmente aquelas relacionadas ao Parque Ecológico, único do gênero no extremo sul catarinense e que merece investimentos", relatou.

Dilnei apontou duas ideias mais ousadas, uma seria a construção de rua coberta para a Praça da Vila Beatriz e outra a construção de um museu, que homenageia os colonos e agricultores. "Seria um diferencial, uma Rua Coberta com um projeto moderno, pois agrega muito para cidade. Seria mais um atrativo turístico a ser visitado em Maracajá. Além disso, a Rua Coberta seria um complemento da Praça, possibilitando uma melhor utilização do espaço mesmo em dias de mau tempo", detalhou.

O Museu do Colono seria além de um ponto turístico, uma forma de agradecer e enaltecer o trabalho daqueles que fazem Maracajá se desenvolver, já que 40% da economia vem do campo.

Conheça as prioridades

? Portal de entrada para o Parque Ecológico de Maracajá;

? Sinalização turística na BR-101 para a entrada da região Caminho dos Canyons acesso sul;

? Divulgação turística da região Caminho dos Canyons nas entradas de Maracajá e Passo de Torres por meio de outdoors;

? Fomento e promoção a sinalização do Parque Ecológico de Maracajá por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo-Santur;

? Sinalização da Rota na Via Gastronômica entre Maracajá e Nova Veneza;

? Rua Coberta para a Praça Antenor de Oliveira, na Vila Beatriz, em Maracajá, porta de acesso à Região Turística Caminho dos Canyons;

? Construção de um museu no Centro de Maracajá em homenagem ao colono e agricultor.

Bandeiras

Segundo a presidente da IGR Caminho dos Canyons e coordenadora de Cultura e Turismo da AMESC, Helen Becker, cada município apontou suas demandas para se tornarem pautas regionalizadas e que serão priorizadas na AMESC. "Estas bandeiras estarão no manifesto, que junto às demandas de outras IGRs serão levadas à Assembleia para se tornarem políticas públicas", explica.

Helen lembra que a Instância de Governança Regional é uma organização com participação do poder público e privados dos municípios componentes das regiões turísticas, com o papel de coordenar o programa em âmbito regional.


Endereço:

Avenida Municipal, 1500, Sala 01
Centro, Turvo, SC, CEP: 88930-000
(48) 3525-3963