Araranguá em estado de emergência

Mais de 70 pessoas, que correspondem a 20 famílias, estão desabrigadas


A Administração Municipal de Araranguá, informa que devido ao grande volume de chuva dos últimos dias, o município está em Estado de Emergência, conforme o Decreto n° 10.754, de 10 de agosto de 2022. Lembramos, que Araranguá sofre novamente com as cheias, sendo que a última enchente aconteceu há 3 meses. Por volta das 14h30 desta última quarta-feira, dia 10, as primeiras famílias começaram a ser retiradas do bairro Barranca, pelas equipes da Defesa Civil de Araranguá e Secretaria de Obras.

Mais de 70 pessoas, que correspondem a 20 famílias, estão desabrigadas. Elas foram resgatadas pelas equipes da prefeitura e encontram-se instaladas no alojamento montado pela Administração, localizado no ginásio Padre Ézio Jully, conforme previsto no plano de contingência da Defesa Civil. A alimentação foi providenciada para todas as famílias que estão no abrigo, bem como puderam contar com o acompanhamento integral de profissionais da Secretaria de Assistência Social. Além, de uma equipe de enfermeiros da Secretaria de Saúde, que ficaram em regime de plantão na UPA 24h.

Em medição realizada às 23h desta quarta-feira, o Rio Araranguá estava com 2 m e 78 cm acima do nível normal. Sendo este, um fator para o aumento rápido do grande volume de água que o rio recebe. Bem como do que vem das encostas da serra e dos seus afluentes. Um grande volume de água ainda é previsto para as próximas horas.      

Pontos de alagamento foram registrados e interditados, como a rua Rui Barbosa, no Centro da cidade, a Av. XV de Novembro e também, no antigo leito da BR-101. E um deslizamento inédito foi registrado no acesso para a praia do Morro dos Conventos, que pode provocar interdição parcial da pista.

Rompimento de comporta

Uma das comportas que ajudam a controlar o escoamento da água, rompeu e deu muito trabalho para as equipes da prefeitura. A comporta está numa sanga, que corta o bairro Barranca e serve de irrigação para arroz. Durante toda esta quarta-feira, várias tentativas foram feitas utilizando placas de concreto, para tentar conter a entrada de água, mas a força era tão grande, que conseguiu quebrar as placas.

A solução encontrada, foi a produção e colocação de duas chapas de aço que pesam mais de meia tonelada. Elas foram alçadas por guindaste e colocadas no local por volta de 22h30. E finalmente, controlaram a vazão de água para dentro do bairro. Este foi um trabalho árduo realizado em parceria com a empresa KDM Pré-moldados. Os trabalhos da Administração Municipal e da Defesa Civil, seguem nesta quinta-feira, dia 11.


Endereço:

Avenida Municipal, 1500, Sala 01
Centro, Turvo, SC, CEP: 88930-000
(48) 3525-3963