Vivercom da Unesc leva melhorias a escolas de Araranguá e Sombrio

Seis escolas do Sul, três na Amesc e três na Amrec, serão contempladas pelo projeto

Os bolsistas do Programa das Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu), vinculados ao Programa de Educação Superior para o Desenvolvimento Regional (Proesde), tomaram parte de um dia diferente no último sábado, dia 30. Duas turmas de acadêmicos realizaram intervenções de melhorias em duas escolas estaduais, em Araranguá e Sombrio, dentro do projeto de extensão de experiências e vivências ViverCom.

Pela manhã, 25 estudantes foram desafiados a implantar uma horta comunitária na Escola de Educação Básica Professora Dolvina Leite de Medeiros, em Araranguá. A primeira atividade foi a pintura no muro onde foi criada uma área de plantio das hortaliças. No espaço também foram inseridas árvores frutíferas. O jardim no acesso principal da escola também foi contemplado com um novo paisagismo.

Segundo o professor e coordenador do Vivercom, Rafael Amaral, uma iniciativa compõe um projeto do Governo do Estado que fomenta a permanência dos alunos de graduação universitária. "Como contrapartida, são realizadas e desenvolvidas ações nos municípios, promovendo o desenvolvimento regional. Nesse ano seis municípios, três da Amrec e três da Amesc, são contemplados, e desta vez atendemos as cidades de Araranguá e Sombrio ", explicou.

Para a assessora acadêmica da Diretoria de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias, Sheila Martignago Saleh, uma ação desenvolvida durante o ano letivo busca promover experiências e vivências aos acadêmicos. "Hoje como intervenções presenciais nas escolas visam a melhora do paisagismo, deixando como unidades escolares mais bonitas. Nossos estudantes também já fizeram as oficinas via Google Meet e foram capacitados desde o início do semestre com a montagem de disciplinas para a apresentação de temas atuais para a comunidade estudantil das escolas beneficiadas ", esclareceu.

A diretora da escola visitada e atendida em Araranguá, Joyce Silva Jerônimo Rochadel, era só alegria e gratidão pelas melhorias em sua unidade. "Recebemos toda a orientação do professor Rafael, como iria funcionar esse projeto na nossa escola. Nós iniciamos no mês de agosto e setembro as oficinas online, abordando diversos conteúdos como drogas, sexualidade e atividade física, conteúdo de muita importância para os nossos alunos. E hoje eu sinto muito feliz por estar recebendo toda a equipe da Unesc, os acadêmicos do Proesde, revitalizando o nosso jardim e nos dando uma horta comunitária ", agradeceu.

A Escola de Ensino Médio Macário Borba, mais conhecida como Escola Jovem em Sombrio, também conhecida a visita de 26 alunos participantes do Proesde da Unesc. No período da tarde foram realizadas atividades de revitalização da parte externa da escola e também foi remodelado o jardim, transformando o espaço em um ambiente mais acolhedor para os professores e alunos.

O que é o Proesde

O Proesde é regulamentado pela Portaria Normativa 2180 / SED / 2020 e tem como objetivo a concessão de bolsas de estudos para estudantes matriculados em cursos de Graduação e Licenciatura, sob a coordenação da Diretoria de Políticas e Planejamento Educacional (DIPE) da Secretaria de Estado da Educação (SED). O programa abrange todas as regiões de Santa Catarina beneficiando estudantes matriculados em cursos nas Instituições de Ensino Superior (IES) mantidas por Fundações Educacionais de Ensino Superior, instituídas por leis municipais.

O Proesde consiste em um conjunto de atividades de ensino, pesquisa e extensão voltadas à formação do estudante e bolsista enquanto cidadão e profissional capaz de intervir e contribuir em seu contexto regional, mediante a articulação entre sua formação acadêmica e o desenvolvimento educacional e socioeconômico de sua região . Tais atividades são desenvolvidas por meio de Projetos de Intervenção, abrangendo todas as Regionais de Educação.





Endereço:

Avenida Municipal, 1500, Sala 01
Centro, Turvo, SC, CEP: 88930-000
(48) 3525-3963