Crianças e adolescentes voltam a participar de oficinas presenciais no Serviço de Fortalecimento de Vínculos

No local eles foram recebidos pela nova Diretora do Departamento de Desenvolvimento Social do CRAS, Luciana Daniel da Silva

Após dois anos sem atividades presenciais, apenas com tarefas remotas, em casa, devido à pandemia do novo coronavírus, já vacinadas, as crianças e adolescentes voltaram a participar das oficinas presenciais na sede do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, SCFV, de Meleiro. 

No local eles foram recebidos pela nova Diretora do Departamento de Desenvolvimento Social do CRAS, Luciana Daniel da Silva, que é formada em Pedagogia, com Pós-Graduação e Psicopedagogia, atuando há 31 anos no magistério de Meleiro, Morro Grande e Nova Veneza. 

"Agradeço ao prefeito Eder Mattos e a Secretária Elixsandra Mota pela oportunidade, vai ser um novo desafio na minha carreira e pretendo dar o meu melhor, junto aos colegas, oficineiros e servidores, em prol das crianças e suas famílias", afirmou. As atividades neste retorno presencial contam com aulas de Artesanato e Dança, nas segundas-feiras, Capoeira e Teatro nas terças e quintas-feiras. Nas sextas-feiras, a Diretora estará realizando trabalho externo, visitando alunos e seus familiares. O SCFV de Meleiro atende mais de 80 crianças de 6 anos a 14 anos, 11 meses e 29 dias. No local também é ofertado o atendimento da Psicóloga e Assistente Social para apoio integral às famílias envolvidas. O professor de Capoeira, José Paulo Nolla, do Grupo Capoeira Armada Brasil, também estava motivado com a volta das atividades presenciais. "Até chegamos a dar aulas remotas, mas nada como estar com os alunos, poder passar o conhecimento próximo a eles. Pretendo fazer um trabalho que vai além da socialização e torne os participantes melhores em tudo. Já estamos nos preparando para mostrar a capoeira na VI Agrimeleiro", revelou.  


Panelas a todo vapor 


A cozinheira Terezinha Martins Pagnam Claro, já estava com saudades de preparar o almoço e merenda para as crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. "Eu adoro cozinhar e ficar dois anos longe do convívio das crianças foi muito difícil, mas agora, graças a Deus e a vacina, estamos reativando as panelas e garantindo a merenda para eles", disse. 


O que é? 


O SCFV é um serviço da Proteção Social Básica do SUAS que é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF) e do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI).




Endereço:

Avenida Municipal, 1500, Sala 01
Centro, Turvo, SC, CEP: 88930-000
(48) 3525-3963