Gasto médio no Dia das Crianças deve crescer 13,8% em SC

Além de aquecer o comércio, a data também movimenta outros setores

A procura por presentes para o Dia das Crianças deve movimentar as lojas de brinquedos, roupas e calçados nas próximas semanas em Santa Catarina. Conforme a Pesquisa de Intenção de Compras realizada pela Fecomércio/SC, 67,9% dos consumidores devem escolher os itens na semana da data e 21% até duas semanas antes.

Os dados são apurados em sete cidades do Estado para traçar o perfil do consumidor no período e preparar o empresário do setor com informações relevantes, como gasto médio, principais formas de pagamento, tipos de presentes, local de compras, percepção sobre a situação financeira, entre outros.

A pesquisa indica que os consumidores estão mais atentos aos preços neste ano- 36,9% afirmaram que será o diferencial na hora de escolher o estabelecimento, alta de 7,9 p.p em comparação a 2020 (29,0%). Os entrevistados relataram que estão em situação financeira igual (38%) e melhor (36%) ao ano anterior, mas ainda 25% declararam estar em situação pior.

"A expectativa é de gasto médio maior este ano em relação a 2020, mas ainda não deve superar os valores pré-pandemia por conta das incertezas econômicas e a alta dos preços, que diminui o poder de compra. Além de aquecer o comércio, a data também movimenta outros setores. Muitas famílias optam por comemorar o dia com atividades ao ar livre (15,6%), parque de diversões (8,2%) e almoço na casa de familiar (7%)", comenta o vice-presidente da Fecomércio/SC, Emílio Rossmark Schramm.

Destaques

- Gasto médio de R$ 196,82, acréscimo de 13,8% diante do ano anterior. Em termos reais, considerada a inflação acumulada em 12 meses (9,68%), o resultado também é positivo (3,75%), mas permanece inferior aos níveis pré-crise.

- 81% dos entrevistados devem realizar pesquisa de preço, alta de 7,9 p.p diante de 2020, em lojas (51,7%) e na internet (27,9%).

- Comércio de rua deve ser o destino de compras da maioria dos catarinenses (62,5%). Shoppings (19,9%) e Internet (12,1%) estão em 2º e 3º lugar.

- Lista de presentes é liderada por brinquedos (54,2%), vestuário (25,8%) e calçado (6,8%).

- Quase sete em cada dez não pretendem fazer as compras acompanhados das crianças.

A pesquisa foi realizada com 1.126 pessoas, no período entre os dias 24 de agosto até 06 de setembro, nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.




Endereço:

Avenida Municipal, 1500, Sala 01
Centro, Turvo, SC, CEP: 88930-000
(48) 3525-3963